História da Cultura brasileira

A história e os significados dos doces de São Cosme e Damião



De 26 de setembro até 12 de outubro ocorrem distribuição de doces de São Cosme e Damião pelo Brasil. Hoje talvez em um número bem menor do que na nossa infância ou a dos nossos pais. A prática obviamente alegra a criançada, embora também fazem com que algumas pessoas olhem isso de forma irritada. É a famosa intolerância religiosa, que tem crescido quase que na mesma proporção que os doces estão diminuindo.



10 livros infantis para educação antirracista


O racismo é um problema grave na nossa sociedade e ainda na infância acontecem os primeiros casos que mostram o quanto isso pode ser prejudicial. Seja com um ato de exclusão, bullyng ou questionamentos quanto a aparência. Por isso é fundamental introduzir desde a infância livros que abordam de forma leve todas essas questões. E nós temos uma grande variedade de obras que vão trabalhar a cultura, a beleza e a história de modo geral de uma forma que você vai desde pequeno afastar o racismo estrutural do seu filho. Afinal, se tem uma frase que ficou em evidência recentemente foi a da filósofa americana Angela Davis, que disse “Numa sociedade racista não basta não ser racista, é preciso ser antirracista”. Portanto, você vai ver 10 dias de livros importantes para quem tem filhos negros e quer apresentar obras com representatividade, mas também para quem tem filhos brancos e quer educa-los para que eles não reproduzam o racismo estrutural no dia a dia.




O Pequeno Príncipe Preto

O livro de Rodrigo França conta a história de um menino que viaja por vários planetas, espalhando amor e empatia. No conto você vê uma valorização de quem nos somos e de onde viemos. 

O cabelo de Lelê

O livro gira em turno de Lelê, que se pergunta “De onde vêm tantos cachinhos?”. No conto ela descobre a resposta e mergulha em toda a história e a beleza de sua herança africana. A obra de Valéria Belém e com ilustrações de Adriana Mendonça discute exatamente essa valorização da beleza negra.

Amor de cabelo

Outro livro que aborda bem a questão estética é Amor de Cabelo, de Matthew A. Cherry e ilustrado por Vashti Harrison. Na história a protagonista Zuri tem um cabelo mágico que combina perfeitamente com sua tiara ou a capa de heroína. A obra faz uma grande exaltação ao cabelo afro e também aborda o amor entre pais e filhos. 

Menina Bonita do laço de fita

É um clássico de Ana Maria Machado, que conta a história de uma menina e um coelho. O animal considera a menina, de pele preta, a pessoa mais bonita que já viu. É mais uma história que exalta a beleza negra de uma forma leve e com humor. 

Bucala: A pequena princesa do quilombo do cabula

O livro de Davi Nunes resgata o nome de um quilombo histórico de Salvador. Na obra ele reconta a história do quilombo por meio da figura da princesa, que tem poderes que protegem o local dos escravocratas. Você verá muitas manifestações artísticas e culturais e ainda um toque de história. 

Amoras

 O livro do rapper Emicida e com ilustrações de Aldo Fabrini traz o enaltecimento da beleza negra e apresenta a diversidade em ótimos versos, bem leves para ser lido para as crianças.

Histórias da preta

Para crianças um pouco maiores você tem histórias da Preta, que conta como africanos foram trazidos para o Brasil e escravizados. Apresenta também histórias da cultura negra e da realidade brasileira.

Heloísa Pires Lima tem também obras como A Semente que Veio da África e o Marimbondo do Quilombo

Os tesouros de Monifa

Esta obra de Sônia Rosa conta a história do encontro de Monifa e sua tataravó, que a ensina todos os tesouros passados de geração em geração. É mais um ótimo livro de cultura de raízes africanas.

A escritora Sônia Rosa tem muitas obras interessantes ligada a cultura afro ou de pessoas históricas, como as obras Capoeira, Jongo, Maracatu, Zum Zum Zumbiiii, Dragão do Mar e tantos outros.

Com qual penteado eu vou?

Um livro de Kiusam de Oliveira e que exalta a diversidade e a beleza de cada criança. Embora o foco gire em torno do penteado, é mais uma obra que aborda a representatividade de modo geral.

Kiusam tem também O Mar que Banha a Ilha de Goré e O Black Power de Akin entre outros.

Sinto o que sinto

Neste livro do ator, diretor e escritor Lázaro Ramos, você vê a história de Dan que tem sentimentos que não sabe lidar. Ao longo da história ele enfrenta diversas situações e vai aprendendo com seu avô sobre seus ancestrais. 

Lázaro também fez as obras O Caderno de Rimas de João e O Caderno sem rimas de Maria.


Douglas Nunes

Nasci e cresci em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro. Me formei em Jornalismo em 2010 e desde então trabalhei com produção de conteúdo, assessoria, gerenciamento de redes sociais e reportagens. Passei boa parte no esporte, mas também escrevi sobre economia, política e marketing. Mais recentemente me formei em história, embora continue trabalhando com jornalismo. Paralelo a isso criei o Canal Outro Lado da História, no qual tenho como objetivo juntar minhas duas formações, trazendo conteúdos diferentes do que é visto na internet atualmente.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem